NotíciasMercado

Grêmio está perto de rescindir o contrato de André

Atacante, que não joga desde novembro de 2019, está fora dos planos da diretoria

O Grêmio deve, finalmente, rescindir o contrato do atacante André, que está fora dos planos da comissão técnica e não joga desde novembro de 2019. A diretoria e o jogador estão perto de uma rescisão em comum acordo, de uma forma semelhante a que foi feita com Diego Tardelli, que saiu do Tricolor no início da temporada, como informa o site GaúchaZH.

André tem contrato com o clube até 2021, mas a falta de interesse em seu futebol fez com que a diretoria gremista buscasse meios de promover a saída do jogador sem prejudicar o orçamento para a temporada. Se a rescisão fosse unilateral, o Tricolor teria que desembolsar R$ 6 milhões para pagar o atleta. No entanto, as partes trabalharam nas propostas para o acordo sair do papel.

Em entrevista coletiva virtual após a vitória diante do Novo Hamburgo, no último dia 2, o vice-presidente de futebol do Grêmio, Paulo Luz, já havia adiantado que as tratativas entre o clube e o jogador chegando a um denominador comum, e que o diretor executivo do clube, Klauss Câmara, estava fazendo a condução do acordo.

— As tratativas estão seguindo um rumo bem mais próximo de um denominador comum sob a condução do Klauss. Estamos conseguindo manter um relacionamento muito elevado com o estafe do atleta, inclusive tratando disso com respeito ao jogador, que é muito bem quisto ao grupo. Esperamos que nos próximos dias tenhamos um desenlace que atenda aos interesses da instituição e do próprio atleta — afirmou Luz.

ANDRÉ TEVE UMA PASSAGEM APAGADA EM PORTO ALEGRE

André foi a maior contratação do Grêmio para a temporada de 2018. Custou R$ 18 milhões aos cofres do clube, e veio para tentar resolver o problema de uma posição carente de bons nomes. Em 74 partidas com a camisa Tricolor, foram apenas 11 gols marcados e muitas cobranças da torcida. A última vez que o atacante entrou em campo foi no dia 25 de novembro de 2019, na derrota para o Flamengo, em casa, onde atuou por apenas 25 minutos.

Fechar