Categorias
Blog do Ilgo

Fogo cruzado contra Renato nas redes sociais faz alegria de colorados

Pior que a decisão de jogar com time reserva já na segunda rodada do Brasileirão, quando os motores ainda estão aquecendo, é aguentar torcedor gremista nas redes sociais atacando o técnico Renato Portaluppi. Quem vibra com isso são os colorados da mídia e fora dela.

O que tem de gremista querendo a cabeça de Renato – e não é de hoje – é algo assustador e preocupante. O pessoal que participa aqui do blog é, de um modo geral, até gentil com Renato na comparação com o que acontece nos tuíter da vida.

O fogo ‘amigo’ atinge também alguns jogadores e termina no presidente Romildo. Aliás, o treinador, que virou a ‘geni’ da parcela mais urubuzenta da torcida, revelou após o empate por 1 a 1 com o Ceará que é funcionário do clube e que segue a orientação da direção, referindo-se ao fato de ter poupado praticamente todo o time titular.

Na verdade, o time que jogou em Fortaleza foi de jogadores reservas e outros que “estão’ titulares, como Orejuela e Bruno Cortêz. Titular mesmo seria o Lucas Silva, embora haja controvérsias. Então, foi um time modesto, sem entrosamento e com deficiência técnica em algumas posições.

O goleiro Paulo Victor fez duas grandes defesas. Mas levou um gol de cabeça, por cobertura, numa cobrança de bola parada. Um gigante de 1m95 emergiu entre defensores do Grêmio e deu um belíssimo cabeceio, completamente fora do alcance do goleiro.

Mas quem levou o gol foi ele, PV. Então, foi falha para esses trucidadores de reputação e de goleiros – não se enganem, a próxima vítima é Vanderlei, que é um jogador equivalente ao ex-titular.

Outro que estava levando pau dos comentaristas de sofá (eu inclusive) é Thaciano. Aí, o volante/meia/atacante marca um gol após cruzamento de Pepê, talvez em sua única jogada realmente objetiva e efetiva.

A comparação com Éverton é ruim para Pepê, que não pode jogar com esse fardo. Mas faz parte… É preciso superar isso e mostrar que pode ser titular.

Ainda sobre a decisão de jogar com reservas já na segunda rodada e dar a impressão realmente desalentadora de que o comando do clube despreza o campeonato, há um aspecto que não pode ser ignorado: sábado o Grêmio enfrenta o Corinthians na Arena e na sequência tem um Gauchão para decidir, além das rodadas do Brasileiro.

Serão dois jogos difíceis contra o Caxias, duas decisões. Essa turma do quanto pior melhor (para suas teses) não liga para o regional, até que o perde. Aí, querem a cabeça de todo mundo.

Parabéns aos envolvidos.

ATLÉTICO MINEIRO

Dias atrás escrevi que o Flamengo é favoritaço ao título. Continua pensando assim. E citei os que poderiam ameaçar o milionário time carioca: Grêmio, Atlético Mineiro, Corinthians e Palmeiras. O resto é o resto.

Sobre o Atlético, seu começo é avassalador. Bateu o Flamengo e o Corinthians. Vi os principais lances dos dois jogos. No primeiro, mais justo seria um empate ou vitória do Flamengo. No segundo, o time mineiro merecia até vencer com tranquilidade, porque criou muitas chances de gol, mas esbarrou no goleiro Cássio. Levou dois gols e correu em busca da virada, e conseguiu.

É um time homogêneo, sem grandes individualidades. Mérito do técnico argentino Sampaoli. Mas é cedo para tirar conclusões definitivas.

JARDEL

Meu nome é Cleber, mas pode me chamar de Jardel. O centroavante do Ceará poderia se apresentar assim. Ele foi autor do gol, um golaço ao estilo Jardel, e deu passe para duas conclusões perigosas que PV defendeu. Tem apenas 23 anos.

Seria um investimento interessante e uma opção para o ataque.

LUAN

Ainda sobre gremistas: o que tem de gente secando e dando pau no Luan é triste. O guri está na história do clube, deu inúmeras alegrias a esses mesmos ingratos. Torci e continuo torcendo pelo Luan, um craque, mas infelizmente em queda na carreira.