Renato afirma à jornal português que nunca tinha ouvido falar de Jorge Jesus: “Só ouvi falar dele quando chegou ao Brasil”

Treinador foi entrevistado para falar sobre polêmica com o ex-treinador do Flamengo e a chegada de Cebolinha ao Benfica

As declarações dos treinadores Renato Portaluppi e Jorge Jesus estão dando o que falar. Desde que foi anunciada a saída do atacante Everton para o Benfica, clube atual do ex-treinador do Flamengo, a troca de farpas entre os técnicos é constante.

Tudo começou quando Jesus ligou para Cebolinha, demonstrando o desejo que ele não atuasse diante do Internacional, pela final do segundo turno do Campeonato Gaúcho. Renato repudiou a atitude do treinador em entrevista coletiva virtual após a vitória na decisão. E no último sábado, em entrevista para o BTV, canal oficial do Benfica, Jesus rebateu as declarações de Renato, afirmando que o ídolo gremista “não morre de amores” por ele.

A história ganhou um novo capítulo nesta semana. O jornal português “A Bola” decidiu entrevistar Renato, para falar sobre a polêmica com Jesus, além da chegada de Everton no Benfica. Perguntado sobre a ligação que iniciou a troca de farpas, o treinador afirmou que “o momento foi inoportuno”, já que o Grêmio contaria com o camisa 11 para a decisão contra seu maior rival.

— Jesus ligou na hora errada. Se tivesse ligado na quinta-feira [dia seguinte ao jogo], não haveria problema, não iria desconcentrar o jogador. Acho correto ligar a um jogador para perceber se ele está a fim de jogar por um clube ou se está a fim de trabalhar com um treinador. O momento foi inoportuno. Seria o mesmo que eu ligar para um jogador de Jesus na véspera da decisão [de um título] com o FC Porto. Ele não iria gostar. No mais, não tem problema — declarou.

RENATO NUNCA TINHA OUVIDO FALAR DE JESUS ANTES DE SUA CHEGADA AO FLAMENGO

Outra questão levantada pelo jornal português foi se o treinador, campeão da Libertadores e do Brasileiro na curta passagem que teve pelo Brasil, teria deixado algum legado para o futebol nacional. Renato afirmou que JJ tem méritos por ter vencido os torneios, mas que não o conhecia antes da sua chegada ao Flamengo.

— O Flamengo montou uma seleção, contratou sete ou oito jogadores com nível de seleção, tem melhor plantel [no Brasil] disparado, ganhou o campeonato brasileiro e a Taça dos Libertadores. Dois anos antes, ganhámos a Taça dos Libertadores sem gastar muito. Nunca tinha ouvido falar dele, com todo respeito, nada tem a ver com a idade. Só ouvi falar dele quando chegou ao Brasil. Trabalhou num clube que montou uma seleção e ganhou, mérito dele. Um jogador quando é grande não aparece com 35 anos, aparece com 19 ou 21 anos — completou.

Renato ainda falou sobre a chegada de Everton ao Benfica. O ídolo gremista elogiou Cebolinha, afirmando que o clube português havia feito uma grande contratação. Além do ex-camisa 11 tricolor, os Águias também contrataram o lateral Gilberto, ex-Fluminense, e tem sondando outros atletas do futebol nacional.