Diego Souza comemora gol após segunda chance: “Graças a Deus entrou”

Atacante não marcava no Brasileiro desde a estreia, em 8 de agosto

Mesmo com o empate do Grêmio diante do Fortaleza, Diego Souza tem motivos para comemorar. O jogador marcou o gol que igualou o placar contra o Leão, o seu primeiro desde a estreia do Campeonato Brasileiro, contra o Fluminense, no dia 8 de agosto.

No entanto, marcar o gol do empate não foi tão fácil assim. Na primeira tentativa, Diego parou em Felipe Alves, que acabou espalmando, mas o árbitro Igor Benevenutto encontrou uma invasão no lance e mandou voltar. Na segunda chance, o camisa 29 não desperdiçou.

E no fim do jogo, o atacante celebrou a oportunidade. Do lado de fora do gramado, Diego concedeu entrevista, afirmando que não poderia perder esse pênalti, agradecendo por ter conseguido converter a segunda tentativa.

– Bati a primeira, tentei no alto, mas ele pegou bem. Na segunda, bati firme. Já tinha perdido um pênalti e não podia. Graças a Deus entrou – afirmou.

Porém, a vitória, mais uma vez, não veio. O Grêmio acumulou o sexto empate no Brasileirão, ficando apenas na décima colocação no campeonato. Diego falou sobre a atuação da equipe, ressaltado a expulsão de Luiz Fernando, que criava as melhores oportunidades do time até ali.

– Tivemos oportunidades, mas, infelizmente, o critério… Eles se estranharam, mas acho que não era pra expulsão dos dois. Tentamos, mas a equipe do Fortaleza é qualificada. Trabalhar para melhorar cada dia mais – completou.

O Grêmio vira a chave neste meio de semana e foca na Libertadores. Diferentemente do Brasileirão, a equipe lidera o Grupo E da competição continental com 4 pontos em dois duelos. A equipe enfrenta o Universidad Católica do Chile na quarta-feira (13), no Chile.