NotíciasLibertadores

Diego Souza reconhece atuação abaixo, mas garante: “Foi um dia atípico”

Equipe não conseguiu criar e sofreu dois gols em menos de dois minutos no Chile

O Grêmio vem sofrendo com maus resultados desde que o futebol retornou. Sem contar os dois jogos do Campeonato Gaúcho, a equipe só venceu uma das últimas dez partidas. Mas, para o atacante Diego Souza, a atuação na derrota da noite desta quarta-feira contra o Universidad Católica, pela Libertadores, foi um “dia atípico”.

Em entrevista aos jornalistas após o confronto, o atacante ressaltou a dificuldade da competição continental, mas afirmou que a equipe está no caminho certo, e esta atuação não é o que o Grêmio costuma jogar. Diego também garantiu que o Grêmio precisa e irá melhorar o seu futebol.

– Foi um dia atípico e a competição é difícil. Temos a condição de melhorar o mais rápido possível. Foi um dia atípico, mas sabemos que estamos no caminho certo. Precisamos melhorar e vai melhorar – afirmou.

O Grêmio tem apenas dois gols na Libertadores, e nenhum foi feito por Diego Souza. O jogador, que é o artilheiro da temporada, passou em branco nos três confrontos disputados pelo Grêmio até aqui. No Brasileirão, são apenas dois gols, ficando longe dos goleadores da competição. A próxima partida do clube em busca da América será contra o Internacional, na próxima quarta, mas antes a equipe jogará contra o Palmeiras, pelo torneio nacional.

Fechar