Grêmio perde para a Universidad Católica por 2 a 0 e fica com a vice-liderança

Tricolor tem um ponto de vantagem em relação ao time chileno e ao América de Cali, da Colômbia

Parece que a onda de maus resultados também chegou à Libertadores. Na noite desta quarta-feira, jogando no Estádio San Carlos Apoquinho, em Santiago, no Chile, o Grêmio foi derrotado pela Universidad Católica por 2 a 0, e perdeu a liderança do Grupo E da competição.

Diferentemente de outras partidas, o Tricolor não conseguiu produzir jogadas e não ameaçou os chilenos, que tiveram mais posse e conseguiram chegar ao gol. Mesmo com uma equipe ofensiva, que contou com as entradas de Luiz Fernando e Isaque no meio-campo, o time terminou a partida sem concluir nenhuma finalização.

Mesmo com a derrota, os comandados de Renato Portaluppi ainda tem um ponto de vantagem sobre a Católica e o América de Cali, empatados com três pontos cada. Na próxima semana, o Grêmio terá pela frente o Internacional, em confronto que pode significar a retomada da dianteira da chave.

Confira um resumo do que rolou na partida.

PRIMEIRO TEMPO

Na primeira etapa, Renato tentou fazer com que o Grêmio adotasse uma postura defensiva, deixando a equipe da Católica chegar para que o time pudesse contra-atacar com velocidade. A estratégia, no entanto, não surtiu efeito. Os chilenos chegaram forte à área tricolor logo no primeiro minuto, exigindo que Vanderlei fizesse boa defesa, após chute de Puch.

Com 5 minutos, o Tricolor teve a primeira e única grande chance do time no jogo com Luiz Fernando. O atacante recebeu de Isaque e finalizou para fora, mas foi sinalizado impedimento na jogada. Depois, só deu Católica. Mesmo assim, a equipe só conseguiu chegar com perigo aos 29, quando Fuenzalida soltou uma bomba de fora da área, mas Vanderlei conseguiu espalmar a bola na trave.

Dez minutos depois, os chilenos chegaram novamente com muito perigo, agora com Zampedri. O atacante aproveitou a bobeira de Geromel e ficou livre, mas o goleiro gremista fez grande defesa. Mas, a pressão chilena surtiu efeito nos minutos finais da primeira etapa. Aos 43, Zampedri recebeu cruzamento de Rebolledo e soltou uma bomba para abrir o placar.

Não bastasse o primeiro gol, aos 45, Aued lança Pinares, que fica sozinho na área, dá um balão em Vanderlei e coloca no fundo das redes. Fim de primeiro tempo: Universidad Católica 2 x 0 Grêmio.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo em Santiago foi menos agitado que o primeiro, mas a blitz da Católica continuou a assustar os tricolores. Com 9 minutos, Lezcano deixou Aued livre, mas o meio-campista não conseguiu acertar o alvo e chutou para fora. Com 21, foi a vez de Zampedri tentar fazer o terceiro. O atacante chutou, Vanderlei espalmou e, no rebote, ele tentou novamente, mas Cortez e o próprio goleiro conseguiram afastar.

Mas, depois da chegada do atacante chileno, as duas equipes não conseguiram mais levar perigo às defesas. Diego Souza tentou antes dos 30, mas isolou aquela que poderia ser a chance do Grêmio de descontar. A Católica apenas administrou o tempo até o apito final, aos 50 minutos. Com a vitória, a equipe comandada por Ariel Holan chega aos primeiros três pontos na competição, após duas derrotas, e encosta no Tricolor.

GRÊMIO VOLTA AS ATENÇÕES PARA O BRASILEIRÃO

No próximo domingo (20), às 16h, o Grêmio tem mais uma chance de se reabilitar no Brasileirão. A equipe enfrentará o Palmeiras, na Arena. A equipe está na décima terceira colocação no torneio com 12 pontos.