NotíciasLibertadores

Renato lamenta atuação ruim contra Católica: “Não deu nada certo para a gente”

Equipe sofreu a primeira derrota nesta edição da Libertadores

Na derrota para o Universidad Católica na noite desta quarta-feira, a equipe do Grêmio mostrou grandes deficiências. Desfalcada de alguns dos seus titulares, os comandados de Renato Portaluppi não conseguiram ameaçar a defesa da Católica, que pressionou e conseguiu marcar os dois gols da partida ainda no primeiro tempo.

Sem poder de reação, a equipe não conseguiu responder à pressão chilena, e ficou mais próximo de sofrer o terceiro que de diminuir a desvantagem. E a atuação foi alvo de críticas dos jogadores e do próprio Renato. Em entrevista coletiva após o confronto, o próprio elegeu como a pior do time em 2020. No entanto, o treinador considerou a falta de entrosamento um fator primordial para o jogo ruim.

— Acho que sob meu comando, esse ano, foi infelizmente nossa pior atuação. E com certeza a melhor atuação da Católica no ano. Não deu nada certo para a gente, e deu tudo certo para eles. Porque temos jogadores importantes, sete ou oito jogadores fora do time. E sempre falo que tenho um grupo, confio em todo mundo. Mas entrosamento é totalmente diferente. Pecamos na falta de entrosamento dos jogadores — afirmou Renato.

Mesmo com a derrota, o Grêmio se manteve na zona de classificados para a próxima fase da competição. Agora, ele está na segunda colocação, três pontos atrás do Internacional, próximo adversário do Tricolor. Agora, a equipe se concentra para tentar se recuperar no Brasileirão, onde a situação também preocupa. São apenas duas vitórias em nove jogos, com a equipe ocupando a décima terceira posição.

Fechar