Notícias

Romildo garante tranquilidade à comissão técnica e Renato pede calma aos torcedores

Presidente e treinador concederam entrevista coletiva na tarde desta sexta (18)

A situação do Grêmio após o retorno do futebol não está das melhores. Mesmo com a conquista do Campeonato Gaúcho, o time amarga um início ruim no Brasileirão e uma sequência de derrotas em partidas importantes, o que gerou ira de parte da torcida, que deseja mudanças. No meio dessa crise, o Presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr., concedeu entrevista coletiva para garantir tranquilidade à comissão técnica.

Na tarde desta sexta-feira (18), o mandatário sentou ao lado do treinador Renato Portaluppi para falar da situação do clube na temporada, além de fazer um balanço dos quatro anos do técnico no comando do Tricolor. Romildo afirmou que os diagnósticos estão feitos, mas o momento é de pensar em união, já que a equipe tem pela frente dois grandes desafios, contra o Palmeiras, no domingo (20), e um Gre-Nal decisivo, no próximo meio de semana.

— Não é momento para ninguém baixar a cabeça. Os diagnósticos são feitos. Fizemos nossas avaliações, nossa autocrítica. Mas o que nos conduziu foi essa união plena, que nos levou, até os dias de hoje, com vitórias. Essa é uma semana relevante. Tem jogo contra o Palmerias, Gre-Nal, jogo com o Atlético e vamos juntos fazer essa virada, porque temos absoluta confiança. Vamos em frente, exatamente colocando essa situação, de confirmar as nossas certezas. Estamos passando por um mau momento, mas somente jogando de maneira intensa e forte vamos tocar para a frente o Grêmio — afirmou Romildo.

RENATO ACREDITA QUE GRÊMIO PODE VOLTAR AO CAMINHO DAS VITÓRIAS

Logo depois de Romildo Bolzan, foi a vez de Renato tomar a palavra. Contra a Universidad Católica, o treinador empatou o número de jogos no comando do clube de Luis Felipe Scolari, e contra o Palmeiras se tornará segundo no ranking de técnicos com mais partidas à frente do Tricolor. O ídolo gremista pediu calma aos torcedores, afirmando que o momento não é bom, mas que irá melhorar nos próximos controntos.

— O momento não é bom. Mas não vamos colocar que o momento é péssimo. Sabemos que a gente precisa melhorar. Vamos tentar recuperar os jogadores, entrosar os que estão chegando. Nosso grupo é muito forte. Temos que melhorar e vamos melhorar. O Grêmio não começou a jogar a Copa do Brasil porque entra nas oitavas. Na Libertadores, o Grêmio empatou o Gre-Nal e estreou vencendo, fora de casa. O Grêmio depende de si para classificar em Porto Alegre. O Grêmio está bem, na Libertadores. E vamos melhorar, porque temos os jogos em casa — garantiu Renato.

O Grêmio ocupa a décima terceira colocação no Brasileirão, com apenas 11 pontos em 27 disputados. Na Libertadores, mesmo com a derrota, a equipe ainda ocupa a vice-liderança do Grupo E, com 4 pontos.

Fechar