Notícias

Grêmio faz reformulação no departamento de futebol após resultados ruins

Clube demitiu diretor-executivo de futebol, Klauss Câmara

Os sucessivos maus resultados do Grêmio e a semana turbulenta com derrota, após péssima atuação, na Libertadores, fez vítimas dentro do departamento de futebol do clube. Nesta sexta-feira, a diretoria do Tricolor anunciou reformulações no setor, como o fim da diretoria-executiva e a demissão do responsável pela pasta, Klaus Câmara.

Antes da coletiva do Presidente Romildo Bolzan Jr. e do treinador Renato Portaluppi, o clube anunciou a decisão por meio de sua assessoria de imprensa: “O Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense comunica o desligamento do Gerente Executivo de Futebol Klauss Câmara. À frente do futebol tricolor desde janeiro de 2019, Klauss Câmara contribuiu nas campanhas vitoriosas do Campeonato Gaúcho em 2019 e 2020. O Grêmio agradece ao profissional pelo desempenho de suas funções no Clube e deseja êxito na continuidade de sua carreira” disse a nota oficial.

Na coletiva, o mandatário gremista foi perguntado sobre a decisão de demitir Klauss. Romildo afirmou que tudo se trata de uma situação funcional, em que a diretoria do clube entendeu que era necessário fazer a troca. O agora ex-diretor executivo foi responsável por contratações nas últimas duas temporadas, e sofreu críticas por algumas escolhas, como a vinda de Thiago Neves para Porto Alegre.

– É uma situação funcional, interna, não temos que fazer especulações. Uma situação que entendemos que era necessária a troca. Chegamos à conclusão que o melhor era fazer uma virada nesta condição, nada pessoal. Nos parece importante mudar o foco das questões internas e de visão de futebol – afirmou o Presidente.

Após a extinção da pasta e a demissão de Klauss, o Grêmio encontrou uma solução caseira para as funções exercidas pelo ex-diretor. O cargo será absorvido pelo gerente administrativo de futebol, Marcelo Rudolph, e o vice-presidente de futebol, Paulo Luz. Rudolph ficará as atividades operacionais relacionadas a função, enquanto Luz ficará com as atribuições estratégicas.

Fechar