NotíciasLibertadores

Grêmio vence Internacional por 1 a 0 e divide liderança do Grupo E da Libertadores

Tricolor amplia invencibilidade em Gre-Nais para 10 partidas, a maior sequência do século

O Grêmio teve uma sequência de resultados ruins no Campeonato Brasileiro e na Libertadores que acendeu um alerta na torcida, jogadores, comissão técnica e diretoria. Mas, na noite de hoje, o Tricolor conquistou uma vitória para espantar a crise. Jogando no Beira-Rio, a equipe derrotou o Internacional por 1 a 0, e voltou a dividir a liderança do Grupo E da Libertadores.

Além da vitória, os comandados de Renato Portaluppi quebraram mais um recorde nesta quarta-feira. O resultado amplia a invencibilidade gremista em clássicos para 10 jogos, se tornando a maior sequência sem perder em Gre-Nais do século. Além disso, o clube impôs ao rival outro vexame: o Inter chegou ao 600º minuto sem marcar gols no Grêmio.

Confira um resumo de como foi a vitória do Tricolor no Gre-Nal 427.

PRIMEIRO TEMPO

Renato Portaluppi apostou em uma trinca de volantes para a partida contra o Inter, com Darlan começando como titular ao lado de Matheus Henrique e Lucas Silva. No ataque, Pepê retornou para compor o trio com Diego Souza e Alisson. A estratégia do treinador deu certo, e nos primeiros minutos de partida, foi o Tricolor quem pressionou, mas não criou oportunidades reais de gol.

Com sempre, o Gre-Nal foi truncado na maior parte da primeira etapa, tendo a primeira grande chance do confronto acontecendo apenas aos 27 minutos, quando Alisson recebeu passe de Pepê dentro da área, mas chutou para fora. Depois da chance gremista, foi o colorado que tomou conta do jogo, sem gerar perigo ao gol de Vanderlei. Porém, foi o Grêmio que teve uma nova chance, agora com Orejuela, que soltou uma bomba para fora aos 42 minutos. As equipes foram para o intervalo empatadas em 0 a 0.

SEGUNDO TEMPO

O segundo tempo também começou truncado, mas as chances de perigo aconteceram mais cedo que na etapa inicial. Logo aos 12, Boschilia cruza a bola na cabeça de Thiago Galhardo, que manda para o gol, mas Vanderlei faz grande defesa. Dez minutos depois, é a vez do Grêmio responder com Pepê. O atacante recebe de Diego Souza e tenta encobrir Marcelo Lomba, mas acaba jogando a bola para fora.

Aos 27, o Tricolor tem mais uma chance, dessa vez com Alisson. O camisa 23 dribla Musto e invade a área, mas chuta para fora. A pressão gremista entre os 20 e os 30 minutos da etapa final, no entanto, é premiada com um gol. Aos 28, Pepê recebe o passe de Darlan, se livra da marcação e chuta no canto esquerdo do goleiro colorado, que não alcança e vê a bola morrer no fundo das redes do Beira-Rio: 1 a 0 para o Grêmio.

O Inter tentou uma resposta rápida com Abel Hernández, que recebeu na área e tentou de voleio, mas Vanderlei estava lá de novo para fazer a defesa. Aos 34, D’Alessandro cruzou na área e Thiago Galhardo estava lá, mais uma vez, para tentar o cabeceio, mas a tentativa foi para fora. Depois desse lance, os rivais não tiveram mais forças para vencer a defesa gremista, e terminaram o sexto jogo consecutivo sem marcar gols no Grêmio.

Fim de jogo. Tudo segue normal em Porto Alegre: vitória do Grêmio sobre o Inter.

GRÊMIO TENTA LEVAR ASTRAL DE VITÓRIA NO CLÁSSICO PARA O BRASILEIRÃO

O Tricolor ainda terá que mostrar que seu bom futebol está realmente de volta, e uma das chances será neste fim de semana. No próximo sábado (26), a equipe pega o Atlético Mineiro, no Mineirão, pela décima segunda rodada do Brasileirão. O Imortal está na 12ª colocação com 13 pontos.

Fechar