Categorias
Blog do Ilgo

Grêmio vence o Coritiba e mostra que tem condições de 'decolar' no Brasileiro

Se o empate no Grenal – resultado absolutamente injusto para o time que mais atacou e criou chances de gol – caiu como uma derrota, a vitória de 2 a 1 sobre o Coritiba nesta noite, na Arena, é retumbante como uma goleada.

O time de Renato precisava mais de uma vitória do que certa parcela da torcida gremista precisa ter de tolerância e respeito, conforme foi evidenciado quando Marcelo Oliveira entrou em campo, no último minuto da partida. MO, que vem de uma grave lesão, merece melhor tratamento, como ser humano e como atleta, um jogador útil na conquista da CB de 2016. A presença dele no final do jogo foi uma homenagem. MO naquele momento estava encerrando sua carreira.

Mas os amargos de plantão não perdoam.

Amargos que já preparavam artilharia pesada contra Renato em caso de um resultado negativo. Em 12 minutos, o Grêmio já vencia o jogo por 2 a 0, o que serviu para calar vozes agressivas, que criticavam a escalação do time para o jogo sem argumentos sólidos, mas amparadas na necessidade de contestar tudo o que Renato decide.

Particularmente, eu gostei de algumas medidas. Luis Fernando na direita, mais ou menos na função de Alisson, foi um acerto. Aliás, no comentário anterior comentei que LF poderia muito bem jogar por ali. E deu certo.

Luiz Fernando marcou o primeiro gol, de cabeça, aparando um cruzamento com açúcar e com afeto de Diogo Barbosa, cuja contratação foi muito criticada, e foi por mim exaltada. Mais uma prova de que eu conheço muito. Modéstia à parte.

Gostei também da opção por Victor Ferraz, que disputa posição com Orejuela. Os dois são de bom nível, mas de características diferentes, o que é bom para o treinador. Só tenho dificuldade de aceitar Robinho. Acho que é uma perda de tempo insistir com ele.

No segundo gol, David Brás foi muito oportunista e teve categoria para colocar a bola no canto esquerdo, fora do alcance do goleiro Wilson. Depois, o time recuou e o Coritiba cresceu. Até fez um gol, anulado pelo VAR.

Gostei muito do Giovanni Augusto, um bom articulador. Muito melhor que Robinho, por exemplo.

O time teve alguns apagões no jogo. O Coritiba descontou com um gol de cabeça. Há quem tenha visto falha de Vanderlei. Foi um lance difícil para o goleiro. Acho que foi mais descuido da dupla de área. O Grêmio, apesar de alguns pequenos sustos, teve condições de ampliar.

Mais uma vez Renato colocou jovens no segundo tempo. Não entendo por que ele de novo deixou fora o Ferreira. Ele está melhor lapidado que Guilherme Azevedo, que tem sido mais utilizado por Renato.

O retorno de Maicon merece ser saudado. Domingo tem jogo contra o Santos, na Vila Belmiro. Eu começaria com Lucas Silva, Maicon e MH, que jogou demais contra o Coritiba.

Bem, domingo vamos ver se o Grêmio decolou mesmo.