Grêmio tem acerto com atacante do Cerro Porteño de 30 anos

Diretoria negocia com clube paraguaio para ter a liberação do jogador

O Grêmio está próximo de anunciar o atacante argentino Diego Churín, de 30 anos, que está no Cerro Porteño, do Paraguai. Nas últimas horas, o clube chegou ao acordo com o jogador, de acordo com o ge, que entrou em contato com o empresário do atleta, Maxi Pra, que revelou que o jogador terá três anos de contrato, restando apenas um acerto entre os clubes.

Grêmio e Cerro estão acertando valores para selar a negociação. De acordo com o Diário ABC, do Paraguai, o Tricolor terá que desembolsar cerca de U$$ 2 milhões (mais de R$ 11 milhões na cotação atual) para comprar o atacante. Com o mercado brasileiro aberto desde o dia 13, o clube poderá escrevê-lo imediatamente para as competições nacionais.

No Paraguai, o jogador foi procurado para falar sobre as negociações. No domingo (18), Churín marcou um dos gols da vitória do Cerro diante do Sportivo Luqueño pelo Campeonato Paraguaio. O atacante afirmou que tentou “fugir” das notícias, focando apenas na partida pelo seu atual clube.

— Tentei fugir das notícias. Preferia não saber de nada antes do jogo, queria estar focado neste jogo. Não sei o que é verdade ou não. Pedi para me afastar completamente de uma possível negociação e me envolver na partida.

Para o Grêmio, a contratação de um atacante de referência é importante, já que o clube tem apenas Diego Souza como opção para a posição. Churín teve o aval da comissão técnica, além de ser conhecido pelo treinador Renato Portaluppi. Em 2018, o jogador enfrentou o Tricolor, pela fase de grupos da Libertadores.