Diogo Barbosa fala sobre seu posicionamento em campo: “Defender bem e dar o apoio no ataque”

Jogador comentou sobre o rodízio nas laterais da equipe

Após o retorno do futebol, o calendário de jogos que já era apertado, ficou ainda mais. Por isso, ter um elenco grande e confiável é importante para as equipes de ponta que disputam mais de uma competição. E, para poupar atletas da maratona de partidas, o rodízio se torna inevitável.

E isso vem acontecendo nas laterais gremistas. Ferraz e Orejuela na direita e Diogo Barbosa e Cortez na esquerda, se revezaram nas últimas partidas, sejam para preencher um espaço deixado por lesões, suspensões ou somente para poupar os atletas. Mas, cada um deles adota um posicionamento diferente dentro das quatro linhas.

Enquanto Ferraz é mais defensivo, Orejuela agride mais o último terço da defesa adversária, chegando à linha de fundo na maior parte das suas tentativas. Do outro lado, Cortez também atua mais como um lateral combativo, enquanto Barbosa usa da sua rapidez para adotar um posicionamento mais ofensivo.

Em entrevista coletiva após os treinamentos desta terça-feira, Barbosa falou sobre seu posicionamento em campo. O jogador afirmou que seu posicionamento não mudaria ao atuar com Ferraz ou Orejuela como companheiros de lateral. O treinador Renato Portaluppi afirmou que sempre usaria o jogador ao lado de Ferraz, para equilibrar os lados com um jogador mais defensivo e outro que ataque junto aos jogadores de frente.

– Para mim, não muda. Minha função de lateral é defender bem e dar o apoio no ataque. Quem jogar na lateral direita não vai mudar minha função na esquerda. Não faz diferença nenhuma. O professor Renato sabe o que faz, o que é melhor para a equipe – destacou Diogo.

Para o confronto com o América de Cali, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores, Renato ainda não decidiu com qual dupla entrará em campo. As atividades desta quarta-feira (21), será importante para saber qual proposta o treinador adotará na Arena.