Após vencer com reservas, Renato rebate hipótese de “desistência”: “O Grêmio jamais vai largar o Brasileiro”

Equipe saltou para a parte de cima da tabela, ficando a apenas 3 pontos da zona de classificação para a Libertadores

Com uma sequência de jogos decisivos pela frente, o treinador Renato Portaluppi resolveu colocar os reservas em campo neste domingo (25), na vitória do Grêmio diante do Athletico Paranaense, fora de casa, pelo Campeonato Brasileiro.

Essa, porém, não é a primeira vez que o técnico poupa jogadores na competição. Desde que voltou ao Tricolor, em 2016, alguns atletas ficam de fora de partidas que poderiam gerar pontos importantes para a equipe, sobretudo na disputa do título do torneio. Isso levantou a hipótese que Renato prioriza as competições de mata-mata, deixando de lado o Brasileirão.

O treinador, no entanto, rebateu a hipótese durante a coletiva após o confronto desde domingo. Segundo o próprio, se o Grêmio está utilizando reservas e poupando atletas e outros também, então os outros também estariam “largando” o campeonato. Renato aproveitou para ressaltar o calendário apertado e o número de competições disputadas pelo Tricolor, exaltando o elenco que tem em mãos.

— Todos times estão largando o Brasileirão então? Porque todos estão poupando, com exceção do Atlético-MG. O Grêmio é grande, o nosso elenco tem qualidade, porque não vou aproveitar todos os jogadores. O Grêmio jamais vai largar o Brasileiro, mas não sou louco de botar a mesma equipe a cada três dias. Disputamos três competições, se vamos ganhar, uma, duas, três ou nenhuma, isso ninguém sabe. Às vezes, eu mudo bastante no Brasileiro, porque são 38 rodadas. se eu elogio tanto os garotos, o meu grupo, porque não botar eles para jogar? — afirmou.

Contra o Athletico, os reservas não fizeram uma partida brilhante, mas também não passaram muito perigo. E o gol da vitória veio justamente do banco de reservas. Ferreira, que entrou na segunda etapa, acabou decidindo para a equipe. Renato afirmou que optou por não começar com o atacante porque não quer queimar etapas, já que ele está vindo das divisões de base do Tricolor.