Churín é apresentado e fala sobre sua facilidade de adaptação: “Que aqui não seja a exceção”

Centroavante ficará em Porto Alegre até o fim de 2022

Na tarde desta segunda-feira (26), o atacante Diego Churín foi apresentado no CT Luiz Carvalho. Ao lado do vice-presidente de futebol, Paulo Luz, o centroavante concedeu entrevista coletiva e vestiu a camisa do clube. O jogador utilizará o número 19 durante a temporada.

Durante a apresentação, o jogador fala sobre a adaptação. Revelado no futebol argentino, Churín ganhou notoriedade no futebol chileno e paraguaio, sendo no Cerro Porteño seu maior período de sucesso. O centroavante afirmou que não tem dificuldades para se adaptar, e espera que não tenha em Porto Alegre.

— Estive em dois países diferentes e não tive dificuldades para me adaptar. Que aqui não seja a exceção. É me adaptar rapidamente ao futebol, aos meus companheiros e ao que quer o Renato dentro de campo. Estar o mais rápido possível dentro do campo e demonstrar o que posso dar — ressaltou.

O argentinou chegou como opção para Diego Souza, que desde as saídas de Luciano e André não possui substitutos. Com isso, o treinador Renato Portaluppi tem que improvisar jogadores na posição do camisa 29. Churín possui características parecidas com as de Diego, destacando sua capacidade física e entrega.

— De minhas qualidades, posso falar da potência física, de segurar a bola na frente quando for necessário, o sacrifício na hora de poder pressionar, marcar e tratar de colaborar na parte defensiva. E na predisposição do que quer o técnico. Ajudar no que posso e ainda mais — destacou.

Desde o último fim de semana, Churín já vem treinando com o elenco gremista, e a diretoria do clube corre para regularizar o atleta no BID, para que ele possa estar relacionado para a partida contra o Juventude, na quinta-feira (29), pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, na Arena. O jogador deve iniciar a partida do banco de reservas, já que Renato deve ir com força máxima para o confronto.