Grêmio bate Fluminense por 1 a 0 e cola de vez no G4 do Brasileirão

Renato poupou a maior parte dos titulares e investiu em contra-ataques no Maracanã

Na noite deste domingo (8), o Grêmio chegou a sua quinta vitória consecutiva, contando com o Brasileirão e a Copa do Brasil. Jogando com um time alternativo, a equipe derrotou o Fluminense por 1 a 0, chegou aos 30 pontos na competição e encostou de vez no G4.

No Rio, Renato apostou em saídas rápidas de contra-ataque, o que acabou dando certo. Depois, com as linhas bem postadas atrás do meio campo, a equipe ficou apenas destruindo as jogadas dos donos da casa, além de ter conseguido oportunidades de matar o confronto, mas que foram desperdiçadas ou defendidas pelo goleiro Muriel.

Com isso, o Tricolor repetiu o resultado do primeiro turno, onde estreou também com um 1 a 0 sobre os cariocas. Agora, a equipe terá dois dias para se preparar para a partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o Cuiabá, na quarta (11). Confira um resumo de como foi o confronto.

GRÊMIO ARMA BELO CONTRA-ATAQUE E ABRE O PLACAR NO PRIMEIRO TEMPO

Os primeiros minutos da partida no Maracanã teve pouco brilho das duas equipes, com muitas faltas e passes errados. A primeira oportunidade de perigo aconteceu apenas aos 11, quando Diogo Barbosa cobrou falta na área e Churín apareceu sozinho para cabecear, acertando a trave do lado esquerdo de Muriel.

Depois da chance tricolor, o Flu fez uma pequena pressão no campo de ataque, chegando principalmente nas jogadas de bola parada, com quatro escanteios consecutivos. Pelo chão, teve a primeira chance apenas aos 25 minutos, em um lance que Hudson, na meia lua, cortou um defensor e chutou, obrigando Paulo Victor a fazer boa defesa.

Dois minutos depois, o Imortal chegou ao gol. Em contra-ataque iniciado na intermediária de defesa, Luiz Fernando foi acionado em profundidade, arrancou e passou para Churín, que dentro da área chutou cruzado, e Pepê apareceu do lado esquerdo para completar para dentro do gol vazio, abrindo o placar no Maraca: 1 a 0 para o Grêmio.

Após o gol, foram os tricolores do Rio que voltaram ao ataque. Aos 36, Dodi, próximo a entrada da área, cortou para dentro e chutou, mas a bola foi para a fora, do lado direito do gol gremista. Antes do intervalo, a equipe ainda teve uma chance com Fred, que cabeceou cruzado, após cobrança de escanteio, obrigando Paulo Victor a fazer mais uma boa defesa.

TRICOLOR PERDE OPORTUNIDADES DE MATAR O JOGO, MAS É POUCO AMEAÇADO E SAI COM A VITÓRIA

Por precaução, Renato precisou tirar Pepê, que sentiu um desconforto, no intervalo, colocando Éverton em seu lugar. Mesmo assim, o time não perdeu o controle das ações, e continuou apostando nos contra-ataques para vencer, e ainda teve um bom início de etapa final, controlando durante um bom tempo a posse de bola.

O Fluminense mandava na posse de bola, mas não conseguia furar a defesa gremista. E com a entrada de Ferreira, aos 22 minutos, os contra-ataques ficaram ainda mais perigosos. Aos 30, o guri passou por três defensores dos donos da casa, cortou para dentro na entrada da área e chutou rasteiro, obrigando Muriel a se esticar para espalmar com as pontas dos dedos.

Com 36, o mesmo tipo de jogada. Ferreira arrancou, passou pelos defensores e arriscou da entrada da área, dessa vez mandando a bola para a linha de fundo. O Fluminense respondeu aos 38, com Ganso acionando Felippe Cardoso, que chutou cruzado nas mãos de Paulo Victor. Essa foi a primeira finalização dos donos da casa no segundo tempo.

Um minuto depois, o Grêmio teve mais uma chance clara de matar a partida. Mais uma vez, Ferreira arrancou pelo lado esquerdo do ataque tricolor, e lançou Thaciano, que ficou cara a cara com Muriel. O meia finalizou, mas o goleiro salvou o Flu mais uma vez. Os donos da casa ainda tiveram uma oportunidade com Lucca, que chutou fraco dentro da área, nas mãos de Paulo Victor.

Fim de jogo: Fluminense 0 x 1 Grêmio.