Renato prorroga contrato até fevereiro de 2021

Treinador fica no clube até, pelo menos, fim do Campeonato Brasileiro

Renato Portaluppi é o treinador mais longevo no futebol nacional. Com mais de 4 anos no comando do Grêmio, o ídolo do clube colecionou títulos e retomou a autoestima dos torcedores do Imortal, que viveu momentos de seca de títulos durante os primeiros anos do século XXI.

Perto de se tornar o técnico com mais partidas à frente do clube, Renato vive um momento mais do que especial. São oito vitórias consecutivas, contando partidas do Campeonato Brasileiro e da Copa do Brasil, maior número durante a sua terceira passagem por Porto Alegre, como treinador.

Essas vitórias levaram a equipe a um ótimo momento na temporada, depois de dias sombrios no CT Luiz Carvalho. O Presidente do clube, Romildo Bolzan Jr., teve que garantir a permanência de Renato e da comissão técnica no cargo. Depois disso, a equipe chegou às oitavas de final da Libertadores e às semifinais da Copa do Brasil pela quarta vez em cinco anos.

Agora, a diretoria anunciou a permanência de Renato até o fim da temporada de 2020. Com a paralisação causada pela pandemia do novo coronavírus, apenas em fevereiro teremos o fim das competições no País. O treinador, que tinha contrato até o fim do ano, acertou para ficar até o final dos campeonatos. Após isso, porém, seu destino é incerto. Se ficar, o técnico poderá completar cinco anos à frente do Grêmio, um feito que poucos comandantes conseguiram.