Rodrigues fala de início da carreira, no Rio Grande Norte: “Não sabia nem o que era bola”

Jogador foi descoberto em um campo de várzea na sua terra natal

Rodrigues é uma das gratas surpresas do elenco tricolor em 2020. Com o calendário apertado por conta da paralisação do futebol, muitos jogadores tiveram dificuldades para embalar uma sequência de jogos, o que deu oportunidade para vários nomes surgirem.

Um deles foi o zagueiro tricolor. “Tonhão”, como era chamado no ABC, clube que o revelou, contou ao portal ge sobre a sua relação com o futebol. De acordo com ele, quando começou, nos campos de várzea de São José de Mipibu, no interior do Rio Grande do Norte, “não sabia nem o que era a bola”.

Foi então que Neri Edson o descobriu, quando ele ainda jogava como atacante. Pela estatura e a escassez de zagueiros, foi improvisado na posição e de lá não saiu mais. Em 2014, se transferiu para as categorias de base do ABC, e ainda passou por outros clubes até chegar a Porto Alegre.

— Nunca tive oportunidade, não sabia nem o que era bola. Conheci um cara que tem um projeto, me viu jogar e foi na minha casa me convidar. Aí, então, comecei a jogar no time dele. E fui me destacando. Não jogava de zagueiro, não sabia nem jogar. Ele me convidou, foi me lapidando e me ensinando, aí as coisas foram acontecendo — afirmou Rodrigues.

Hoje, o zagueiro é peça importante na equipe do treinador Renato Portaluppi, que faz um rodízio intenso de atletas devido a disputa de três competições ao mesmo tempo. Com isso, foi titular em nove das treze partidas que disputou no ano, e ainda não perdeu quando esteve em campo.

— Tenho uma sequência jogando, dando o melhor. Sei que se no treino venho bem, aí no jogo fico tranquilo porque minha semana foi boa e vou fazer um bom jogo. Se fizer certinho, as coisas vão acontecer naturalmente — ressaltou Rodrigues.

Contra o Corinthians, neste domingo (22), na Neo Química Arena, Rodrigues deverá ganhar uma nova oportunidade entre os titulares, já que Renato deverá poupar jogadores para a partida contra o Guaraní, na quinta (26), pela ida das oitavas de final da Libertadores.