Categorias
Blog do Ilgo

Grêmio dá show e sinaliza que quer o título do Brasileiro

O Goiás escapou de levar a maior goleada do campeonato brasileiro, mas por momentos chegou a preocupar com bolas lançadas para a área – recurso dos times menos qualificados. Ali estava, no segundo tempo, o aipim Rafael Moura, homenageado por um candidato a prefeito de Porto Alegre durante a campanha eleitoral. O He Man, como é conhecido e pra quem não sabe, é ‘useiro e vezeiro’ em fazer gol no Grêmio. Mas dessa vez parou na dupla Geromel/Rodrigues, este evoluindo a cada jogo, apesar de ter vacilado no gol dos goianos.

Com o resultado, o Grêmio sobe para 37 pontos, iguala-se ao Inter e sinaliza que entrou com tudo, corpo e alma, na disputa pelo título.

O placar da vitória por um minguado 2 a 1 não expressa os acontecimentos. O Grêmio criou muitas situações de gol, e, vejam só, precisou de um gol que nasceu de uma ‘assistência’ milimétrica do goleiro Tadeu, que rolou a bola para Jean Pyerre agradecer o presente com um chute certeiro. Mas esse gol não bastaria para somar os três pontos.

Ao ver que a gurizada perdia gol atrás de gol, desperdiçava jogadas que morriam no penúltimo passe, má pontaria e também por opções erradas na área do rival, o capitão Maicon esqueceu que é um ‘cavalo cansado’, conforme alguns ingratos o definem, e deu um pique até a pequena área para mandar a bola para as redes, no cruzamento perfeito de Luiz Fernando, outro que cresceu uma enormidade depois de umas aulas de lapidação.

Sério, ninguém dava nada por ele, seria outra ‘indicação errada’ do treinador brasileiro salivavam as hienas. E agora estamos todos vendo o surgimento de um atacante que faz jogadas pelas duas pontas. Hoje, LF está mais pronto, embora Ferreira tenha ainda um espaço para evoluir e assumir no futuro o lugar de Pepê. Por enquanto, Ferreira fica bem entrando nos jogos.

Ainda sobre o gol de Maicon, que realmente não aguenta mais o ritmo intenso de 90 minutos, a metida de bola de JP para LF é um lance marca registrada de Maicon. Pensei que ele tinha enfiado a bola para LF, quando vi que Maicon estava entrando para fazer o gol. Só aí que me dei conta que JP havia feito a jogada, mostrando que Maicon já tem um sucessor, e que baita sucessor.

Para concluir, aqueles que esperam por um teste mais forte, quero lembrar que o Grêmio passou com louvor em jogos contra alguns grandes e que só não venceu por imperícia nas conclusões ou erros da arbitragem e/ou VAR, que hoje ratificou o gol de Maicon. Contra o SP, que avança sob a chancela do presidente da CBF, o Grêmio foi vítima de um ato criminoso oficializado.

Bem, importante destacar nesse jogo a eficiente atuação de Victor Ferraz, que a meu vez é superior a Orejuela pelo tipo de jogo do time, mais cerebral. No outro lado, Diogo merece a titularidade, sem dúvida, mas é outro que não acerta um cruzamento, lembrando irritantemente o Cortez.

O Grêmio agora enfrenta o Guarani e deve ir com força máxima. No domingo, tem o Vasco, 16h, na Arena. Quer dizer, tudo para o comandante Renato garantir mais dois jogos sem derrota.

Ah, para mágoa de alguns gremistas ou supostos gremistas que destilam ódio e inveja nas redes sociais, Renato é o treinador que mais comandou o Grêmio (384 jogos, superando o mito Osvaldo Rolla), e se encaminha para se tornar o treinador mais vitorioso não apenas do clube, mas do futebol gaúcho.

Deve estar doendo muito em alguns, especialmente naqueles que por qualquer coisinha saem por aí pedindo a cabeça do maior ídolo do clube.

Onde andam vocês?