Categorias
Blog do Ilgo

VAR anula gol de Pepê e Grêmio empaca no Brasileiro

Levanta a mão quem tinha alguma dúvida de que o Grêmio não venceria o Fortaleza com esse time misto que tem extrema dificuldade para fazer gol em time mediano, e ainda por cima permite situações de gol ao adversário.

Quero dizer que eu nunca acreditei que o time armado por Renato para jogar no Ceará (aliás, tá difícil ganhar dos cearenses lá) conseguiria os três pontos. E torcia para garantir um pontinho, que parece pouco neste momento, mas que pode ser decisivo nessa reta final.

Apesar dessa escassez ofensiva e problemas no setor defensivo, o Grêmio marcou um gol, e foi um golaço. Infelizmente, o juiz, depois de consultar o VAR, anulou o gol de Pepê. Cansei de ver o lance de um suposto impedimento, e continuo com dúvida. O fato é que a rigor ninguém pode criticar a arbitragem por anular, nem se tivesse mantido o gol.

Penso que na dúvida, questão de centímetros, o juiz deveria decidir a favor do ataque. O gol não é momento nobre do futebol?

O time cresceu no segundo tempo com a entrada de Thaciano, em menos de 5 minutos ele participou ativamente de três situações de gol. Ele não é um virtuose da bola como JP, mas compensa com doação, empenho e capacidade de percepção do momento certo de sair de trás para chegar à frente e concluir. Enfim, Thaciano é um jogador útil.

Não condeno o Grêmio (leia-se Renato e Romilgo, a dupla RR) por ter poupado alguns titulares. Numa análise mais rigorosa, qual ou quais dos jogadores que ficaram realmente poderia acrescentar qualidade a ponto de levar o time à vitória? Sem esperar pela resposta de vocês eu respondo: Jean Pierre acordado e Diego Souza. E só.

E eles fariam mesmo a diferença? O Grêmio já perdeu pontos importantes jogando com sua força máxima. O perde-ganha faz parte do jogo. Quem gosta da fórmula de pontos corridos precisa aceitar e conviver com isso.

Bem, não foi o resultado que a gente queria, mas o Grêmio segue no grupo de cima. E aí tudo é possível.

PALMEIRAS

Enquanto o Grêmio tinha seu gol anulado o Palmeiras foi presenteado por uma decisão do VAR. Nos acréscimos, Palmeiras vencendo por 1 a 0, bola não mão de Rony, dentro da área. O juiz marca pênalti. Acionado, o VAR anula a decisão do juiz. Eu vi pênalti mesmo, mas admito que é um lance complicado. O fato é que o Palmeiras levou 3 pontos e o Grêmio apenas 1.