Palmeiras e Santos se enfrentarão na final única da Libertadores no Maracanã

Palmeiras e Santos se enfrentarão na final única da Libertadores no Maracanã

 A final da Conmebol Libertadores será brasileira! A decisão do torneio continental, marcada para o dia 30 de janeiro, no Maracanã, será disputada entre Palmeiras e Santos.

Os dois clubes garantiram suas vagas na final nesta semana, eliminando os argentinos Boca Juniors e River Plate. Com essa final, o Brasil terá um representante no Mundial de Clubes da FIFA, que será realizado em fevereiro deste ano, no Catar. Este será o 20º título brasileiro da Libertadores.

O primeiro brasileiro a garantir uma vaga na final da Libertadores foi o Palmeiras. Na última terça-feira, o Alviverde recebeu o River Plate, vice-campeão em 2019. Depois de construir uma boa vantagem com a vitória por 3 a 0 na Argentina, o Verdão foi superado por 2 a 0, mas se classificou. Esta será a quinta final de Libertadores da história do Palmeiras, que foi para a decisão pela última vez em 2000. O único título do Verdão na competição veio em 1999, quando o Porco superou o Atlético Nacional.

A final ficou completa nesta quarta-feira (13), quando o Santos não tomou conhecimento do Boca Juniors e venceu os argentinos por 3 a 0 na Vila Belmiro. No jogo de ida, em La Bombonera, o Peixe ficou no empate por 0 a 0. Esta também será a quinta final do Santos, que já venceu o torneio em três oportunidades (1962, 1963 e 2011). A única vez em que o Peixe não saiu com o título foi em 2003, diante do próprio Boca.

Para além das marcas de Palmeiras e Santos, esta ainda será a terceira final disputada entre dois times brasileiros. O feito se repetiu em 2005 (Athletico Paranaense e São Paulo) e em 2006 (Internacional e São Paulo). Apenas a Argentina, com a final de 2018 entre Boca Juniors e River Plate, já conseguiu ter dois representantes em uma única decisão.

Esta será a terceira final da Libertadores a passar pelo Maracanã. Em 1981, o Flamengo venceu o Cobreloa (CHI) dentro de casa, mas a partida definitiva ficou para o Estádio Centenário, em Montevidéu. O Maraca testemunhou somente uma entrega de taça da Libertadores. Foi em 2008, quando a LDU (ECU) conquistou o torneio continental sobre o Fluminense.