Vai entender! Tricolor da Fronteira inicia atividades no Rio de Janeiro, e pode atuar fora de Itumbiara, no estadual

Vai entender! Tricolor da Fronteira inicia atividades no Rio de Janeiro, e pode atuar fora de Itumbiara, no estadual


O Itumbiara Esporte Clube inicia nesta segunda-feira, 01/02/2021, no Rio de Janeiro, a sua preparação visando a participação no Goianão 2021, quando estreia contra o CRAC, no dia 28 de fevereiro. A preparação será no CT do Tigres do Brasil, em Xerém, clube do grupo Soccer Stars, gestora do Tricolor da Fronteira.

A equipe profissional se apresenta com três atletas campeões estaduais em 2008, além de um plantel de 26 atletas, com alguns remanescentes da divisão de acesso. Com problemas pessoais, o treinador Uidemar Oliveira acabou pedindo o desligamento, e assume o comando da equipe, Júnior Lopes, com passagens por diversos clubes brasileiros. Ao longo das semanas, através de nossas redes sociais, iremos divulgar todos os atletas, bem como os integrantes da comissão técnica.

GESTÃO SOCCER STARS

Após o rebaixamento no Goianão em abril de 2019, o Tricolor passou a ser administrado pela Soccer Stars, empresa de gerenciamento esportivo com mais de 10 anos no mercado. Herdou também, mais de quatro milhões de passivos trabalhistas. No primeiro ano de sua gestão, todos os departamentos foram reestruturados e as categorias de base implementadas, e formadas principalmente com atletas da região, alcançando o título inédito da Taça Mané Garrincha 2019 e o vice-campeonato da Copa Goiás SUB-20, conquistando o acesso para a primeira divisão da categoria de juniores. 

Em 2020, mesmo com as dificuldades enfrentadas pela Pandemia, a administração atual do Tricolor manteve todos os funcionários e estruturou a sua equipe profissional de futebol para retornar à primeira divisão do futebol goiano, e também disputar os estaduais da primeira divisão sub-20 e sub-17. 

ESTÁDIO E CT

Apesar dessas conquistas, o Tricolor da Fronteira se vê na iminência de perder a sua casa, podendo ter que mandar os jogos em Goiatuba ou Bom Jesus de Goiás, contra sua vontade, uma vez que o Estádio JK, bem como o CT foram construídos especificamente para serem a casa do Itumbiara Esporte Clube. O convênio com a prefeitura terminou em fevereiro de 2020, sem perspectivas de renovação. 

Em dezembro do ano passado, o clube foi surpreendido com uma decisão da Justiça do Trabalho proibindo que a Prefeitura cedesse o Centro de Treinamento e o Estádio, a qualquer título, ao Gigante.

No último dia 22 de janeiro, a diretoria do Gigante, junto com o seu departamento jurídico, realizou mais de 600 mil reais em acordos trabalhistas, todos homologados pela Justiça do Trabalho de Itumbiara, que revogou a decisão que proibia a Prefeitura de ceder o Centro de Treinamentos e o Estádio JK. 

Nesse mesmo dia, a diretoria do Gigante foi recebida pelo Prefeito e pelo Secretário de Esportes, para tratar da permanência do Gigante do Vale na sua casa. Assim sendo, o Itumbiara Esporte Clube aguarda a autorização da Prefeitura e da Secretaria de Esportes para que volte a utilizar o Centro de Treinamentos e o Estádio JK, nas suas atividades da equipe profissional de futebol e das suas categorias de base, no seu calendário anual de atividades, levando, de forma honrosa, o nome do Município, aos quatros cantos do país e do mundo.

Dessa forma, a direção do clube teve que, contra a sua vontade, realizar a pré-temporada no Centro de Treinamentos do Tigres do Brasil, no Rio de Janeiro. O CT localizado na baixada fluminense, oferece toda a infraestrutura necessária, como alojamento, academia, fisioterapia, restaurante, e campos de treinamento. A preparação será do dia 1º a 20 de fevereiro, quando a equipe retornará para Goiás para a disputa do campeonato.

O Itumbiara Esporte Clube espera contar com o apoio da sua torcida, dos seus parceiros e das autoridades da cidade que carrega o nome com muito orgulho para que possa fazer um grande campeonato.

Assessoria de imprensa do Itumbiara Esporte Clube