Jaraguá x Goianésia Rivalidade além do futebol


O confronto desta quinta-feira será o mais importante da história do pequeno retrospecto entre os 2 clubes que tem 4 jogos oficiais (não considerando algum amistoso que possa ter acontecido em época amadora). São 3 vitórias para o Goianésia e 1 para o Jaraguá. O confronto valerá vaga na final do Campeonato Goiano. Algo INÉDITO para os 2 clubes. 

Esse clássico do futebol do Vale do São Patrício era protagonizado por Goianésia x Ceres na década de 80  quando Jaraguá não tinha vocação para o futebol profissional. Mas, com a ausência do Ceres nos primeiros anos da década de 90 e o ressurgimento do Jaraguá na segunda metade da segunda década desde século fez com que o MAIOR CLÁSSICO do Vale do São Patrício tornasse Goianésia x Jaraguá. 

Mas, a rivalidade com Jaraguá diferentemente da rivalidade com Ceres vai além do futebol. O futebol só é uma maneira de por a prova o melhor em campo neste esporte.  Mas os próprios torcedores de ambos os clubes fazem insultos levando em conta aspectos fora da bola comparando as 2 cidades com suas características distintas e ao mesmo tempo similares. 

Os torcedores do Goianésia chamam o clube de lá de o time dos costureiros em alusão as confecções de lá.  Os torcedores de lá chamam o clube daqui de o time dos cortadores de cana referindo a força de trabalho braçal da nossa gente na década de 80 e 90. 

Um outro insulto que é de cunho sexual tanto do gênero masculino quanto feminino que os homens daqui fizeram com os homens de lá  e as mulheres de lá com as mulheres daqui fazendo um trocadilho com o nome das 2 cidades que prefiro não citar. 

Com Jaraguá há rivalidade além do futebol, há rivalidade no campo da geopolítica,  cultura,  economia e tudo mais que envolve as 2 cidades.

Goianésia surge no início da década de 40 com a criação  do povoado Calção de Couro passando a ser distrito de Goianésia em 1948 e pela emancipação do  distrito que foi elevado a condição de município em 1953 DESVENCILHANDO de Jaraguá e  que em poucas décadas passou a ter maior população que Jaraguá. 

A rivalidade começa aqui. Na emancipação. Vencida por um jaraguense. Salvador Leite natural de Jaraguá mas, já radicado no distrito de Goianésia lutou e CONSEGUIU emancipar Goianésia no ano de 1953. Ano que o governador era Pedro Ludovico do PSD mesmo partido político de Salvador Leite. 

Já Laurentino Martins mineiro e fundador do povoado Calção de Couro que originou o distrito de Goianésia queria a emancipação política um pouco mais tarde. Com as eleições estaduais de 1954 que foram juntamente com as municipais Laurentino esperava que Pedro Ludovico não faria seu sucessor e que o novo governador da UDN mesmo partido seu facilitaria melhores recursos para o novo município recém criado. 

Acabou que Goianésia foi emancipada em 1953 no governo Pedro Ludovico. O primeiro prefeito NOMEADO pelo governador NÃO foi Laurentino Martins e Pedro Ludovico elegeu seu sucessor José Ludovico de Almeida também do PSD. 

 Em 1954 Laurentino  disputou a PRIMEIRA eleição direta para prefeito de Goianésia e ganhou do jaraguense Salvador Leite o mesmo que lutou e conseguiu a emancipação em 1953 na gestão de Pedro Ludovico que era do seu partido.

Então Salvador Leite ganhou a disputa pela data da emancipação de Goianésia  para coincidir com a gestão do governador do mesmo partido seu, mas, perdeu a eleição que foi vencida por Laurentino mas, que tb não teve o governador eleito em 1954 de seu partido, já que Pedro Ludovico elegeu seu sucessor adversário político de Laurentino. 

Onze anos após, novo embate entre um goianesiense Otávio Lage, não de nascimento, mas, radicado e outro jaraguense José Peixoto da Silveira.  

O embate de 1965 foi em âmbito estadual na disputa pelo governo do Estado vencida por Otávio Lage.

Na ALEGO cada cidade nunca quis ficar sem tem um deputado representando-a. Goianésia já teve 2 e hj tem 1, Jaraguá já teve 1 e hj tem nenhum. Numa mesma legislatura a ALEGO teve o presidente representando Goianésia e o vice-presidente representando Jaraguá.  As disputas de quem levava mais emendas para suas respectivas cidades sempre foi constante.

Com as disputas políticas foram surgindo as disputas econômicas, culturais, infraestruturais,  na área da saúde, da educação e tudo mais. 

Qual cidade seria mais próspera economicamente, qual cidade tem mais personalidades em destaque, qual evento cultural é mais importante, qual saúde é melhor, qual educação destaca mais.

Então essa disputa nunca acabou. Goianésia vendo Jaraguá tendo o melhor Carnaval do estado na década de 80 e início dos anos 90 não quis ficar atrás e criou o seu em 1996.

Jaraguá vendo Goianésia tendo a melhor festa agropecuária dos anos 90 e início dos anos 2000 não quis ficar atrás e modernizou seu parque de exposição agropecuária e passou a ter um boa festa também. Esse título tb foi disputado entre as 2 cidades. O de melhor festa agropecuária.

Na cultura Jaraguá ainda destaca pelas Folias de Santo Reis e pelas Cavalhadas.

Além do X – Cerrado no esporte. O maior campeonato de Parapente do Brasil. 

Na saúde Jaraguá que teve um Hospital REGIONAL de referência nos anos 80 viu Goianésia ampliar sua rede pública com uma UPA, uma POLICLÍNICA e a construção de um novo Hospital Municipal além de outros hospitais particulares que um deles implantou uma UTI. Falando em UTI Jaraguá que teve seu hospital municipal estadualizado conseguiu 10 leitos públicos que deixou Goianésia para atrás. 

Na educação Goianésia que tem a sede da DRE Delegacia Regional de Educação, não tem a presidente do Sintego Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás que tem a regional presidida por uma jaraguense.

Goianésia que tinha menos estabelecimentos particulares de ensino médio que Jaraguá, passou a ter mais faculdades na segunda década deste século virando um polo educacional.

Jaraguá que é consolidada como um polo estadual e até nacional de confecção, Goianésia passou a ter uma unidade da Hering e algumas poucas facções.

Goianésia que tem a primeira usina de açúcar do estado de Goiás e outra sendo a melhor indústria sucroenergética do estado de Goiás e a primeira do estado listada na Bolsa de Valores, Jaraguá também já teve cogitada a implantação de uma usina do ramo de açúcar e álcool.

Goianésia que foi o maior produtor de café e arroz do estado nas décadas de 50 e 70 respectivamente. Jaraguá é na atualidade o primeiro de abacaxi e o terceiro de banana.

Goianésia que tem um comércio pujante gerando mais ICMS que Jaraguá tendo recebido primeiro lojas de rede e franquias como Cacau Show, Lojas Americanas, Subway… Jaraguá tb recebeu estas mesmas lojas posteriormente. Comércios de rede que tem apenas aqui como Casas Bahia, laboratório Padrão, Giraffas… tem tb comércios que tem somente lá, laboratório Núcleo, Lojas Centro…

Na infraestrutura Goianésia que teve a universalização da rede de água e esgoto e asfalto primeiro que Jaraguá. Jaraguá teve um condomínio horizontal fechado primeiro que Goianésia. Depois Goianésia  veio a ter 2 condomínios horizontais fechados, além de outros verticais.

Jaraguá que tem uma dupla de música do gênero sertanejo universitário Israel e Rodolffo e que um dos integrantes nasceu em Goianésia, Goianésia tem uma dupla de sertanejo raiz Durval e Davi (este falecido recentemente) consolidada nacionalmente para quem acompanha o gênero. 

Então são inúmeros aspectos, muitos não citados aqui que rivalizam as 2 cidades desde o início da criação da filha Goianésia que tem Jaraguá como mãe. 

A maior paixão esportiva brasileira que só colocou as 2 cidades em confrontos recentes e como citado no início do texto, terá seu embate mais importante nesta quinta-feira dia 18 de fevereiro.

Apesar do clichê “que vença o melhor” o vencedor não sairá apenas vencedor. Levará para seus torcedores o sentimento de  supremacia que reflete em todos os aspectos de disputas citados entre as 2 cidades.

Fábio Cunha 

Sócio Contribuinte do Goianésia E.C. 

Morador de Goianésia desde 06 de fevereiro de 1986, com  2 lacunas, uma delas de 2 anos morando em Jaraguá. 

Clique aqui e receba as nossas notícias pelo WhatsApp

Botão Voltar ao topo