Brenno dá show e Grêmio vence o Aimoré por 2 a 0

Goleiro garantiu a vitória com grandes defesas

O Grêmio venceu o Aimoré por 2 a 0 pela quinta rodada do Campeonato Gaúcho de 2021, mas quem deu show foi Brenno. O goleiro, que está em sua terceira oportunidade na temporada, manteve a equipe invicta no saldo de gols e conseguiu não ser vazado mais uma vez no torneio.

Com a vitória, o Tricolor chega à 9 pontos e lidera a competição com dois jogos a menos.

Confira o show de Brenno e um resumo da vitória do Grêmio sobre o Aimoré

Para a partida contra o Aimoré, Alexandre Mendes decidiu colocar Pedro Lucas no lugar de Thaciano no meio-campo. Com o jovem armador, a equipe começou mandando na partida, como previsto, mas quase foi surpreendido logo aos 10 minutos, quando Neto Baiano foi acionado entre os zagueiros e chutou rasteiro e cruzado, mas pela linha de fundo.

O Tricolor comandava as ações e não deixava o Aimoré jogar. Logo, a equipe conseguiu finalizar com Ferreira. Aos 15, o atacante avançou pela esquerda e cortou para o meio, arriscando de fora da área, obrigando Raul a defender em dois tempos.

Mesmo com a alta posse de bola, o Grêmio não conseguia finalizar. O Aimoré, no entanto, conseguia aproveitar os poucos momentos com a bola nos pés para tentar marcar um gol. Com 20, João Denoni roubou a pelota na intermediária e chutou forte, mas por cima da meta de Brenno.

A segunda oportunidade de perigo do Tricolor foi aos 25. Ruan acionou Ferreira, que se lançou pelo lado direito e passou para Pedro Lucas. O garoto lançou para Gui Azevedo do lado esquerdo, e o atacante cortou para o meio e chutou cruzado à meia altura, mas a bola foi pela linha de fundo.

Aos 31, os garotos do Tricolor brilharam. Pedro Lucas recebeu próximo da área e enfiou para Gui Azevedo, que tentou cortar o zagueiro e foi derrubado. Pênalti que o próprio cobrou rasteiro, sem chances para o goleiro, abrindo o placar na Arena: Grêmio 1 x 0 Aimoré.

O Aimoré tentou sair pro jogo em busca do empate e já teve um lance de perigo logo após o gol gremista. Com 33, após jogada de falta, Neto Baiano recebeu um cruzamento de frente para o gol, mas não conseguiu alcançar a bola em cheio.

O Grêmio seguia no controle do jogo e chegou ao segundo gol. Aos 42, Lucas Araújo cobrou falta rasteira da intermediária. A bola desviou na barreira e sobrou no meio da área para Ricardinho. O atacante dividiu com o goleiro e livre enfiou para o gol, ampliando a vantagem: Grêmio 2 x 0 Aimoré.

O Tricolor se impunha na partida e os adversários tentavam chegar ao primeiro gol em raras oportunidades. Já nos acréscimos, em mais uma bola na área, Neto Baiano ficou com a sobra pelo alto, dominou e deu uma meia-bicicleta nas mãos de Brenno. Sem mais chances, o Grêmio foi em vantagem para o intervalo.

O panorama da segunda etapa continuou o mesmo da primeira. Dessa vez, o Tricolor não esperou para dar as cartas. Logo com 2 minutos, Ferreira tratou de cortar para o meio e chutar à meia altura, obrigando Raul a espalmar para o lado. Um minuto depois, o Aimoré deu a resposta com Marcelinho, que recebeu fora da área e chutou colocado, por cima do travessão, assustando Brenno.

Aos 7, os visitantes chegaram de novo, mas uma vez pelo alto. Escanteio cobrado por Érico Junior do lado direito da defesa gremista. Após um bate-rebate, Neto Baiano dominou no peito, deixou a bola quicar e chutou, mais uma vez para a defesa segura de Brenno.

Aos 9, mais uma chance de perigo do Aimoré. Érico Junior cobrou a falta para o meio da área. A bola foi desviada e obrigou o goleiro gremista à operar um milagre. A bola quicou e o jogador espalmou para cima, em uma defesaça para evitar o gol dos visitantes.

Aos 14, Ferreira quase fez um gol de placa. Pelo lado esquerdo, o atacante recebeu de Pedro Lucas e avançou. A defesa tentou interceptar, mas o camisa 11 cortou três marcadores e chutou da entrada da área, mas a bola saiu raspando a trave no ângulo direito de Raul. Um minuto depois, Ferreira recebeu de Darlan, cortou para o meio e chutou colocado, mais uma vez pelo lado.

O lado esquerdo da defesa do Aimoré era o mapa da mina para o Tricolor. Ferreira, mais uma vez acionado, inverteu a jogada e lançou Gui Azevedo. O ponta ajeitou para Pedro Lucas no meio, e o jogador chutou de primeira, mas por cima do gol.

Depois da pressão gremista nos minutos iniciais, o jogo ficou morno. Mas quando o Aimoré chegou ao ataque aos 30 minutos, Brenno teve que operar mais um milagre. Bruno é acionado do lado esquerdo e Isaías bateu contrapé do arqueiro gremista, que esticou o braço e fez uma defesa que o coloca dois passos à frente dos goleiros mais experientes do elenco. No rebote, Isaías chutou novamente, mas fraco.

O Grêmio respondeu aos 34, mais uma vez com Ferreira. O atacante foi acionado no meio-campo e arrancou, ficando cara-a-cara com Raul. O atacante tentou finalizar de bico, mas a bola bateu no peito do goleiro do Índio. Aos 37, Bitelo, que entrou no lugar de Pedro Lucas, arriscou de fora da área e obrigou Raul a fazer nova defesaça.

Antes do jogo terminar, ainda teve mais show de Brenno. O goleiro se viu cara-a-cara com Neto Baiano, que finalizou, obrigado o goleiro a fazer mais uma defesaça, além de garantir a invencibilidade no Gauchão, tanto nas vitórias quanto nos gols sofridos.

Fim de jogo, o Tricolor segue 100% na competição. Na segunda (22), a equipe enfrenta o São José, fora de casa, em jogo atrasado da terceira rodada da competição.

Clique aqui e receba as nossas notícias pelo WhatsApp

Botão Voltar ao topo