Diretoria resiste em negociar com Rafinha; Renato quer o lateral

Jogador não é unanimidade dentro do clube

Na semana passada, o Grêmio surgiu como provável destino do lateral-direito Rafinha, de 36 anos, caso ele não fechasse com o Flamengo. No entanto, o nome do jogador gera um impasse entre a diretoria e o treinador Renato Portaluppi.

De acordo com informações do jornalista Lucas Bubols, do portal ge, Renato tem o desejo de contar com o jogador, e ligou para o mesmo há algumas semanas, para entender sua situação. Na época, Rafinha negociava com o Flamengo.

No entanto, o clube carioca desistiu das negociações neste final de semana, e o lateral segue livre no mercado. Mesmo assim, a diretoria ainda resiste em ter o jogador como prioridade devido ao alto valor do seu salário.

Além disso, o Grêmio já possui três opções para a lateral-direita. Além de Victor Ferraz, que foi o titular durante boa parte da temporada passada, Leonardo Gomes se recupera de lesão e deve retornar em breve, e Vanderson vem ganhando espaço desde o fim do Brasileirão.

Nos próximos dias, a diretoria se reunirá para discutir a situação. Renato deve ser um dos ouvidos para definir o que fazer diante da oportunidade de ter um jogador de alto nível para reforçar o elenco. O estafe de Rafinha afirmou que o acerto com um clube será feito “sem pressa” e seu futuro ainda está indefinido.