De virada, Juventude derrota o Grêmio por 2 a 1

Tricolor perde a invencibilidade no Gauchão 2021 após cinco partidas

O Grêmio foi derrotado pela primeira vez no Campeonato Gaúcho de 2021. Jogando fora de casa contra o Juventude, a equipe até saiu na frente do placar, mas sofreu a virada e acabou perdendo por 2 a 1.

Foi um jogo truncado, onde as duas equipes pouco produziram. O Tricolor conseguiu furar o bloqueio dos donos da casa no fim do primeiro tempo, mas o Ju se recuperou e em um segundo tempo avassalador conseguiu virar a partida em um intervalo de cinco minutos.

Com a derrota, o Imortal ainda fica entre os primeiros colocados, mas perde a chance de assumir a liderança na rodada.

Confira a vitória do Juventude diante do Grêmio

O início da partida entre Grêmio e Juventude foi bem truncado. Nenhuma das equipes conseguiam progredir no campo de ataque. O Tricolor fazia uma marcação alta, dificultando a saída de bola dos donos da casa, que recorria ao chutão. Por outro lado, os garotos erravam muitos passes e não conseguiam produzir no meio-campo congestionado.

O Tricolor começou a controlar a posse de bola a partir dos 10 minutos, girando a bola entre os zagueiros e os laterais, mas sem muita objetividade. O Juventude começou a propor uma estratégia mais reativa, atuando apenas nos contra-ataques, chamando os adversários para dentro do próprio campo.

As equipes começavam a se abrir com o decorrer da primeira etapa. O Tricolor mantinha a pressão alta, e o Juventude se mantinha na defesa. Mas os dois times apostavam na mesma jogada, que consistia em lançamentos rasteiros para os pontas tentarem atacar. Ferreira e Léo Pereira foram bastante acionados, mas pouco faziam.

A primeira chance de perigo do jogo foi aos 33 da primeira etapa, após falta sofrida por Ferreira próximo à entrada da área no lado direito. Vanderson cobrou por cima da barreira, mas Marcelo Carné conseguiu espalmar para fora da área, tirando o perigo da defesa. Dois minutos depois, Pedro Lucas tentou chutar com perigo aos 35, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O Tricolor bem que tentou, mas o jogo continuou truncado. O Juventude até conseguiu sair mais para o jogo, mas pouco ameaçou. Mas aos 46, em um golpe de sorte, o Grêmio levou a vantagem para o vestiário. Ferreira fez jogada pela esquerda e cortou para o meio. O atacante chutou, e no meio do caminho a bola bateu em Ricardinho, enganando Carné e morrendo no fundo da rede, abrindo o placar na Montanha dos Vinhedos: Juventude 0 x 1 Grêmio e fim do primeiro tempo.

O segundo tempo, por outro lado, começou com o Juventude chegando em cima. Com menos de 10 minutos, os donos da casa já tinham chegado duas vezes com perigo. Aos 11, escanteio para o Ju, cruzado na cabeça de Vitor Mendes, que cabeceou para baixo, mas a bola quicou e saiu por cima do gol de Brenno. Era um prenúncio do que estava por vir.

Com 17 minutos, os donos da casa chegaram mais uma vez, e dessa vez foi fatal para a defesa gremista. O Ju atacou pelo lado esquerdo, e Eltinho chegou na linha de fundo para cruzar na área. Matheus Peixoto subiu mais do que a defesa para cabecear e jogar a bola no fundo das redes de Brenno, empatando na Montanha dos Vinhedos: Juventude 1 x 1 Grêmio.

Dois minutos depois, mais um cruzamento na área do Grêmio, dessa vez desperdiçado por Capixaba, que cabeceou para fora. Um minuto depois, Marcos Vinicios veio para o ataque e invadiu a área, sendo derrubado por Ruan e Vanderson. Pênalti que Eltinho foi para a cobrança e não desperdiçou, virando o jogo e colocando os donos da casa à frente: Juventude 2 x 1 Grêmio.

No meio do segundo tempo, os donos da casa já haviam chegado à seis finalizações contra nenhuma do Tricolor, e mesmo com a virada não deixavam de atacar, mas com a mesma estratégia da primeira etapa: deixava os adversários chegarem para roubar a boa e apostar em rápidos contra-ataques.

Em busca do empate, Alexandre Mendes tentou colocar um time mais ofensivo, e promoveu a entrada de Thayllon, estreando no elenco profissional, no lugar de Darlan. Com isso, a equipe ficou mais exposta, mas tinha mais uma opção para o lado de campo.

Mesmo com mais opções ofensivas, o Tricolor não teve forças para chegar ao gol de empate. Aos 44, o maior lance de perigo da equipe veio numa cobrança de falta de Vanderson, salva por Marcelo Carné. Os donos da casa conseguiram se fechar e manter o resultado até o final.

Fim de jogo, o Grêmio perde a invencibilidade no Gauchão após cinco rodadas. No domingo, a equipe enfrenta o Pelotas, às 22h (horário de Brasília), na Arena, pela sétima rodada da competição.

Clique aqui e receba as nossas notícias pelo WhatsApp

Botão Voltar ao topo