Grêmio desiste de contratar o atacante Rafael Borré, do River Plate

Clube alegou "insegurança" para continuar as negociações

Na noite desta terça-feira (30), o Grêmio anunciou em suas redes sociais a desistência formal da contratação do atacante colombiano Rafael Santos Borré, do River Plate.

As negociações, que pareciam estar perto de um acerto entre as partes, foi interrompida, de acordo com o clube, pois o jogador “hesitou” em assinar um pré-contrato com o Tricolor.

Sendo assim, a diretoria do clube, descontente com a falta de um acerto verbal de Borré, esgotou a paciência e decidiu sair do negócio, alegando “insegurança” para continuar as conversas.

De acordo com os jornalistas Eduardo Deconto e Lucas Bubols, do portal ge, ainda existe a chance da negociação voltar à mesa, mas dependeria do Grêmio retomar as conversas, algo descartado no momento.

Ainda segundo os jornalistas, o atraso na assinatura do pré-contrato se deu por conta de um desacerto entre um intermediário e o empresário de Borré, Hernán Berman, o que fez os mandatários gremistas desistirem do acerto, mesmo com o “sim” do atacante.

Ainda segundo a apuração do site, o clube percebeu um desejo de Borré atuar em um clube do futebol europeu, e por isso estaria aguardando uma proposta do Velho Continente para se transferir. Por isso, o atacante estaria “enrolando” os gremistas, assim como aconteceu com o Palmeiras, clube que também desistiu da contratação do atacante.

Com isso, o Grêmio segue no mercado em busca de um jogador para a posição. A contratação, no entanto, será feita com cautela, examinando os atletas disponíveis e “sem pressa” para definições.