Categorias
Blog do Ilgo

Grêmio com todo jeito de freguês de caderno do Ceará

Então o Grêmio precisa jogar com seu time titular para vencer os reservas, ou misto frio, do poderoso Ceará, que entra ano, sai ano, dá uma chapuletada no Tricolor? O time vinha tão mal que seu técnico, Guto, estava ameaçado de demissão. Aí, apareceu o Grêmio, que pelo jeito virou freguês dos cearenses.

O Ceará venceu por 3 a 2, com um gol polêmico nos acréscimos, numa vacilada do goleiro Brenno, que optou por reclamar do bandeirinha com a bola ainda em jogo. Acabou levando o gol que deu 3 pontos ao adversário, deixando o Grêmio com zero. Deixou para trás três pontos que poderão fazer falta no final da competição. Filme semelhante ao do ano passado, quando ficou ficou no 1 a 1 na segunda rodada.

A diferença entre os dois jogos é que em 2020, em meio à pandemia, o Grêmio jogou com um time reserva por opção de sua comissão técnica. Agora, a causa foi, segundo o clube, porque há jogadores que pegaram a covid 19, entre eles dois que representam, juntos, 50% do time. Diego Souza e Ferreira.

Não há dúvida que se tivesse jogado com força máxima o Grêmio teria batido o misto frio ou reserva do adversário. E até poderia ter colhido um resultado melhor com seu mistão não fosse esse gol bobo no final, quando estava 2 a 2, e também por outro fator: o técnico Tiago Nunes escalou um meio de campo pesado, sem criatividade, na esperança de conter o ‘forte’ time reserva do Ceará.

Pois não adiantou escalar Lucas Silva e Tiago Santos, dois marcadores, com MH mais adiantado. O time ficou vulnerável defensivamente e sem força na frente. Quem mais trabalhou foi o goleiro gremista. Não fosse ele, o resultado poderia ser ainda maior a favor do Ceará.

Lembro que no ano passado o goleiro Fernando Prass foi o grande nome do jogo, protagonizando quatro ou cinco grandes defesas. Agora inverteu: foi o goleiro tricolor quem fez defesas importantes, e ainda assim não faltam uns ‘boi-corneta’ para criticar Brenno.

Aliás, Brenno e Ruan foram alvo de críticas de gremistas nas redes sociais. O zagueiro, que falhou feio no segundo gol, desculpou-se em seu twitter, admitindo que não foi bem, mas que não é ‘podre’, como disseram alguns gremistas (?). A namorada de Brenno também foi às redes sociais para criticar os gremistas mais raivosos e menos tolerantes.

Por fim, o melhor do jogo: o gol de Vanderson; Um lance sensacional, que certamente será muito exibido nos programas esportivos. Vanderson em breve, se continuar assim, estará na seleção brasileira. Nâo tenho a menor dúvida.