Categorias
Blog do Ilgo

Grêmio garante classificação na CB e ainda assim é corneteado

O Grêmio não jogou bem, mas empatou com o Brasiliense, num potreiro ruim para os dois times -, pior para o de mais qualidade técnica. Com o árido 0 a 0 o tricolor garantiu sua classificação às oitavas de final da Copa do Brasil, e isto é o que importa.

Não importa se jogou feio – e jogou, não tem como negar. É inegável também que o time todo jogou com o freio de mão puxado, com raras exceções. Foi um jogo morno, de futebol morno, como o futebol de quem esconde o jogo. O Grêmio tem potencial para muito mais, diferente do seu esforçado adversário.

Mas pior de tudo nem foi o jogo em si, mas a rabugice que reina nas redes sociais, com gremistas intolerantes, que querem sempre o máximo dos jogadores, que não entendem a estratégia do time em competição de mata-mata.

Amargos que não conseguem ficar sem questionar a escalação deste ou daquele jogador (em especial, Lucas Silva), mesmo sabendo que é uma presença provisória, já que se trata de um reserva que logo será negociado – é o que se espera, e para isso ele precisa estar jogando.

Agora, o que realmente me preocupou nesse jogo é que Geromel foi o principal ‘articulador’ do time na maior parte do tempo, fazendo a ligação direta, com a bola sobrevoando o espaço aéreo do Serejão, em Taguatinga, passando sobre os homens do meio-campo.

Aliás, a dupla Thiago Santos/Lucas Silva é um equívoco do treinador, que, aliás, deu uma entrevista preocupante após o jogo, inclusive elogiando esse dupla, que, segundo ele, se completa. Espero que seja discurso para uso externo.

Thiago Nunes faz até agora uma campanha promissora, quase impecável. Penso que domingo, 16h, na Arena, contra o Atlético PR, teremos uma ideia mais aproximada do que quer o treinador.

É possível que Douglas Costa faça sua reestreia. Em princípio, ele deve jogar no lado direito, ao lado de Diego Souza e Ferreirinha. Mas não descarto que ele seja escalado no meio, no lugar de Jean Pierre, que não consegue decolar.

MAICON

O melhor lance do jogo foi protagonizado por Maicon, que entrou aos 30 do segundo tempo. Em sua primeira jogada, deu um toque de craque para Ferreirinha acerta a trave.

Foi um lance que lembrou os melhores momentos do time na era Renato. Um lance que pelo jeito será cada vez mais raro.

PALMEIRAS

Esses que reclamam do Grêmio deveriam olhar para o lado, ou mais lá para cima, onde o Palmeiras conseguiu se eliminado em casa pelo CRB.

Vi os melhores momentos. O Palmeiras merecia ter goleado. O goleiro do CRB fez milagres, inclusive nas penalidades.

Mas o Palmeiras, o poderoso Palmeiras, caiu. Está fora da CB.

E o Grêmio continua. Os cães ladram…