Categorias
Blog do Ilgo

Grêmio só empata e vê aumentar o risco de cair

O Grêmio se encaminha para disputar a série B em 2022. Até o torcedor mais otimista já admite a possibilidade, ainda mais depois do empate por 1 a 1 com outro candidato ao rebaixamento, o América mineiro.

Além de deixar de somar três pontos diante de um adversário direto jogando em casa, o time do técnico Felipão voltou a apresentar furos na defesa, no ataque e, principalmente, no coração de uma equipe de futebol, o meio de campo.

Entendo que enquanto não encontrar uma solução para esse setor, o mais vital, Felipão não terá um time competitivo, capaz de sair do atoleiro e de se afastar do grupo de risco.

Bobsin e Fernando Henrique juntos não possuem bagagem para sustentar o sistema defensivo e ainda consolidar uma base de apoio ao ataque. Um deles ao lado de alguém mais experiente pode dar certo. Os dois juntos vão morrer abraçados.

Felipão percebendo que sem Geromel e Kannemann a defesa ficaria muito vulnerável, escalou 3 zagueiros. O time continuou vazando, mas o esquema permitiu que os dois laterais apoiassem com mais segurança.

Vanderson e Guilherme Guedes (enfim aparecendo) souberam tirar proveito. O primeiro gol foi jogada do lateral direito para o esquerdo. Infelizmente Guedes saiu lesionado. Mas tem tudo para ser titular.

Sobre Vanderson, estranho seu choro ao deixar o campo na metade do segundo tempo, cedendo lugar para Rafinha, que, na real, pouco ou nada acrescentou.

O certo é que Guilherme Guedes mostrou que pode resolver o problema da lateral esquerda.

Assim, restaria, a rigor, encontrar um meia de articulação, tipo o Jean Carlos, do Náutico, exímio cobrador de faltas.

Falta ainda um novo camisa 9. Ricardinho precisa voltar imediatamente ao setor de lapidação. Perdeu dois gols feitos. Talvez na equipe de transição ele seja mais útil.

Bem, quem viria para o ataque? Eu sugiro, nesta situação emergencial, o Gilberto, do Bahia. Ele faz gol de falta, de cabeça e pelo chão. Não é o centroavante dos meus sonhos. Mas para quem não quer ou não pode gastar…

LUZ

Sobre o jogo na Arena: vejo que muita gente faz terra arrasada. Vi gente pedindo a destituição de toda a diretoria. A situação está feia, mas nada que o velho Felipão não possa resolver.

Vejam, o Grêmio jogou sem seus dois zagueiros (os 3 que jogaram não me dão confiança, nem o Ruan, que falhou no gol) e sem Matheus Henrique, que muita gente não gosta, mas é o que de melhor o time tem para o setor.

Mesmo assim, ainda em fase de organização, o Grêmio foi quem teve as chances mais cristalinas de gol. As duas com Ricardinho e uma com Alisson.

Então, ainda vejo uma luz no fim do túnel.