Categorias
Blog do Ilgo

Grêmio precisa calçar a ‘sandália da humildade’ para sair do grupo da morte

Caiu a ficha. Custou, mas agora estou convencido de que a realidade gremista é conviver com a turma do rodapé da tabela de classificação.

Mesmo que o time consiga sair do grupo da morte, a vergonha é irreparável. Em poucos jogos um dos clubes mais cotados para disputar o título do Brasileiro afundou na competição. Não é vergonhoso?

A vergonha será ainda maior se o time não conseguir superar essa crise.

Fui me dar conta da situação miserável que vivemos durante a rodada desta noite de 7 de setembro, quando o Juventude, fora de casa, largou na frente diante do Corinthians, que conseguiu com muito esforço empatar.

E empatou com um gol de Roger Guedes, que boa parte dos gremistas, inclusive uns daqui, queriam no Grêmio. Guedes provou que é um definidor, e já no primeiro jogo marcou o gol que impediu a derrota do Corinthians. Ah, batendo falta ao estilo de Zico. Quem faz isso no atual grupo tricolor?

Foi aí que eu vi que o Juventude (o Juventude!!!) não deve nada ao Grêmio. É duro escrever isso, mas é fato. O mesmo vale para os demais participantes, com exceção da pobre Chapecoense, virtual rebaixada.

O Grêmio pode ser um dos outros três que irá cair. É preciso ter consciência disso. Admitir para si mesmo que estamos à beira do abismo é o primeiro passo para não cair. É preciso reconhecer o risco, e respeitar TODOS os adversários.

É um bom momento para deixar a soberba de lado e calçar a sandália da humildade.

Para começar, é importante parar de falar em penta da Copa Brasil, do tri da Libertadores, da série de vitórias em Grenais e os títulos regionais conquistados. E, por favor, vamos parar de lembrar que até pouco tempo atrás o Grêmio praticava o futebol mais bonito e eficiente do país. Passou.

Vamos concentrar nossas energias torcendo para Grêmio, começando pelo jogo contra o Ceará, dia 12, e, óbvio, secando nossos rivais, time medianos como este Grêmio que está aí.

Mediano, sim. Até prova em contrário. Vamos ver se as duas contratações, Villasanti e Campaz, realmente podem fazer a diferença e acrescentar a qualidade e competitividade que faltam ao time.

Conforme escrevi dias atrás, se eles não derem a resposta que o time precisa, e Douglas Costa não começar a jogar de verdade, a queda será inevitável.

Como desgraça pouca é bobagem, me toquei hoje que o jogo contra o Flamengo, pela CB, será dia 15, data de aniversário do tricolor. Mais humilhação à vista?

MAICON

Mais do que merecida a homenagem da torcida ao Maicon, que honrou o manto tricolor enquanto teve pernas para correr normalmente. Maicon tem lugar garantido entre os dez melhores meio-campistas que vi jogar com a camisa gremista. Ao lado dele, por exemplo, jogadores como Iúra, Valdo, Dinho e Tita.

Maicon foi, também, muitas vezes, um torcedor dentro de campo, especialmente em Grenais.